INTUR – Feria Internacional del turismo de interior

De 27 a 30 de novembro de 2014, decorre em Valladolid, a Feira INTUR. Um evento dedicado à promoção do turismo no interior. A. Montesinho marcará presença neste importante evento, dando a conhecer aos nossos vizinhos país a beleza do nosso país e região, inscrita na natureza, na gastronomia e nas suas gentes. Visite-nos no […]

intur 2014

INTUR – Feria Internacional del turismo de interior

De 27 a 30 de novembro de 2014, decorre em Valladolid, a Feira INTUR. Um evento dedicado à promoção do turismo no interior.

A. Montesinho marcará presença neste importante evento, dando a conhecer aos nossos vizinhos país a beleza do nosso país e região, inscrita na natureza, na gastronomia e nas suas gentes.
Visite-nos no pavilhão de feiras de Valladolid.
Vamos ter muitas surpresas para lhe mostrar.
Mais informação sobre a feira em: http://www.feriavalladolid.com/intur/en/

Recorde o nosso post da participação na INTUR 2013.

semana gastronomica

Semana Gastronómica

Já começou a semana gastronómica da Norcaça. Visite-nos no D.Roberto e delicie-se com as maravilhas que preparámos para si. Pratos especiais com caça e castanhas 🌰

 

Rural Castanea-programa2015

Rural Castanea em Vinhais

Realiza-se de 23 a 25 de Outubro de 2015, em Vinhais, mais uma edição da feira da Castanha.
Este é um excelente pretexto para visitar esta região, e provar as deliciosas castanhas da Terra Fria Transmontana.

Aproveite um fim-de-semana com a família instalando-se em Gimonde, um lugar privilegiado para conhecer toda a região transmontana.

Castelo de Bragança - o que ver em braganca

O que ver em Bragança?

Bragança é a capital da região de Trás-os-Montes, no Nordeste de Portugal. Esta região remota e montanhosa oferece cenários únicos, vilas históricas, paisagens naturais e uma gastronomia riquíssima. Bragança está situada no extremo do Parque Natural de Montesinho – uma das zonas florestais mais selvagens da Europa, com uma enorme diversidade de fauna e flora.
Os habitantes têm um modo de vida tradicional, especialmente nas cidades e vilas mais pequenas, como Miranda do Douro, Mogadouro, Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta. A vida quotidiana não sofreu muitas alterações durante séculos e estas vilas isoladas possuem uma beleza rústica muito própria. A região é especialmente bonita na Primavera, quando um manto branco de amendoeiras em flor cobre os vales. A vizinha Mirandela é conhecida pelas suas carnes e alheiras, mas poderá encontrar especialidades locais um pouco por toda a região.
As celebrações do Carnaval em Trás-os-Montes são vibrantes e plenas de tradição. Os festejos prolongam-se durante os dias que antecedem a Quarta-feira de Cinzas, e incluem trajes vistosos, desfiles animados e música tradicional, atraindo visitantes de todo o mundo.

Locais a Visitar

Parque Natural de Montesinho (Bragança)
O Parque Natural de Montesinho é uma das maiores áreas protegidas de Portugal, estendendo-se por mais de 75 000 hectares e com uma altitude superior a 1500 metros. As vastas florestas geram habitats para muitas espécies, incluindo o lobo, o javali e a águia-real. Por todo o parque, poderá visitar muitas aldeias que oferecem uma fascinante combinação de paisagens humanas e naturais. O parque é ideal para fazer caminhadas.

Cidadela (Bragança)
Situada numa colina sobranceira à cidade, esta cidadela bem preservada foi construída no século XII por monges beneditinos. Foi reconstruída e reforçada em finais do século XIV, e no interior das suas muralhas encontram-se edifícios invulgares, como a imponente Domus Municipalis, a Igreja de Santa Maria e o impressionante pelourinho gótico.

festa da historia

Festa da História | Bragança | 14 a 17 de Agosto de 2015

Em 2015 a Festa da História, realiza-se em Bragança de 14 a 17 de Agosto.

Primeira Carta de Feira a Bragança (1272)

O posicionamento fronteiriço de Bragança constituiu um elemento preponderante no curso da sua história e no fluir dos acontecimentos que se perdem em tempos de reconquista, quando os homens manejavam espadas e na liça se olhavam olhos nos olhos. A história medieval de Bragança é a história da tentativa de instituição de um centro regional dominante na mais periférica zona do reino. É o que transparece da análise da Carta de Feira outorgada à cidade de Bragança por D. Afonso III em 1272.
A atribuição da Carta de Feira a Bragança reforça a necessidade de afirmação económica da cidade ordenando a realização de uma feira anualmente ao longo de 15 dias, oferecendo proteção jurídica e física a quem vendia e a quem comprava durante o período da feira.

Voltar ao Topo