Montesinho y Quinta das Covas, gastronomía y turismo experiencial

El grupo Montesinho participa de nuevo en INTUR con sus propuestas de gastronomía, alojamiento y experiencias turísticas desarrolladas en la naturaleza, aprovechando su privilegiada ubicación, en uno de los accesos al Parque Natural de Montesinho, en Tras-Os-Montes. La actividad del grupo se inició en 1935 con la fundación de la taberna Roberto, hoy en día […]

Intur

Montesinho y Quinta das Covas, gastronomía y turismo experiencial

El grupo Montesinho participa de nuevo en INTUR con sus propuestas de gastronomía, alojamiento y experiencias turísticas desarrolladas en la naturaleza, aprovechando su privilegiada ubicación, en uno de los accesos al Parque Natural de Montesinho, en Tras-Os-Montes.

La actividad del grupo se inició en 1935 con la fundación de la taberna Roberto, hoy en día en su catálogo de opciones para el turista aparecen ideas como convertirse en pastor durante un día, probar la magia de la cocina en los fogones, hacer su propio pan o los embutidos típicos de la zona.

La actividad de Quinta das Covas está orientada, especialmente, a la organización y realización de eventos y el agroturismo en un enclave caracterizado por la biodiversidad y la belleza del paisaje.

Noticia en blog de INTUR

Norcaça, Norpesca & Norcastanha

De 30 de outubro a 2 de novembro, a Norcaça – Norpesca & Norcastanha – 13.ª Feira Internacional do Norte é o destino de caçadores, pescadores, apreciadores da gastronomia transmontana, de bons vinhos e de produtos regionais.
O setor vitivinícola assume, este ano, um protagonismo que promete trazer a Bragança milhares de pessoas de Portugal e Espanha. Serão vários os momentos à volta da atividade vitivinícola, sendo que os apreciadores de bons vinhos transmontanos e durienses poderão saboreá-lo durante o evento, onde poderá ser “adquirido” a copo.
A par da grande novidade da 13.ª Norcaça – Norpesca & Norcastanha, o vinho, a gastronomia continua a ser uma das protagonistas do evento, contando, este ano, com a presença de ex-concorrentes do programa Masterchef da TVI, que, na cozinha instalada no Pavilhão do Nerba, mostrarão ao público presente como se confecionam iguarias gastronómicas.

percurso btt

Percurso BTT – Baixa Lombada – Parque Natural de Montesinho

Hoje sugerimos-lhe um percurso BTT no Parque Natural de Montesinho.

O percurso, com partida e chegada no parque de campismo INATEL – Bragança, desenvolve-se numa área do Parque Natural de Montesinho denominada Baixa Lombada, uma microregião situada entre os 597 e os 752 m, de marcada influência mediterrânica, drenada pelos rios Igrejas e Onor e pelas ribeiras de Labiados e de Baçal, integrados na bacia hidrográfica do rio Sabor.

Acesso: estrada nacional n.º 103-7 [Bragança – Portelo].
Ponto de partida e de chegada: parque de campismo do INATEL Bragança, E. N. 103-7, km 6.
Extensão: 29,2 km. Em asfalto: 6,65 km. Em terra: 22,55 km.
Duração aproximada: 4h.
Dificuldade: média / alta.
Cota mínima / máxima: 597 m / 752 m.

Se tiver o Google Earth instalado e pretender fazer uma visita virtual ao percurso, descarregue o aqui.

Fornecemos-lhe, também o roadbook do percurso. Clique aqui.

Bom passeio em contacto com a bela natureza do Parque Natural de Montesinho !

pme

A.Montesinho líder do Turismo

A A. Montesinho foi, distinguida, pelo segundo ano consecutivo, com o estatuto de PME Líder do Turismo.
Na carta hoje recebida do Turismo de Portugal, IP, pode ler-se:
“É com imenso prazer que felicitamos a vossa Empresa pela renovação em 2013 do Estatuto de PME Líder, atribuído no âmbito do Programa FINCRESCE, e que distingue as empresas nacionais com perfis de desempenho superiores.

per3

PR3 – Percurso Porto Furado – Montesinho

Conforme prometido, continuamos a mostrar-vos os belos percursos marcados do Parque Natural de Montesinho.
Desta feita, apresentamos-vos o P3 – Porto Furado, com saída apartir da aldeia de Montesinho.

Acesso: estrada nacional 103-7 a partir de Bragança.
Ponto de partida e de chegada: aldeia de Montesinho.
Extensão: 7,763 km.
Duração aproximada: 3h.
Dificuldade: média.
Cota mínima / máxima: 1000 m / 1280 m.
Apoios: folheto. Restaurantes em Montesinho, Rabal e Bragança. Alojamento em Montesinho, Bragança, bem como nas casas do PNM ou nas casas privadas de turismo.

Breve descrição

percurso a pe

Gosta de andar a pé?

A partir de hoje começamos a sugerir-lhe alguns dos belos percursos que pode fazer pelo Parque Natural de Montesinho.
Começamos precisamente por Gimonde, e pelo Percurso do Malara.
PR8 – Malara
Parque Natural de Montesinho (PNM). Percurso pedestre de Pequena Rota (PR), circular, do Malara (designação que toma o rio Onor no seu troço final). Breve descrição. Mapa.

Breve descrição

Acesso: estrada nacional 218 a partir de Bragança.
Ponto de partida e de chegada: parque de merendas de Gimonde.
Extensão: 12 km.
Duração aproximada: 4 h.
Grau de dificuldade: médio.
Cota mínima / máxima: 510 m / 665 m.
Apoios: restaurantes em Gimonde e Bragança. Alojamento em Gimonde e Bragança, bem como nas casas do Parque ou em casas privadas de turismo.

Voltar ao Topo